Assistência Social de Bom Jardim avançou em 2017

(PAA) – Prefeitura de Bom Jardim regulariza programa e amplia incentivo à Agricultura Familiar
21 de fevereiro de 2018
Portal do Servidor – Passo a Passo para emissão do contracheque ONLINE
23 de fevereiro de 2018

A Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS é responsável pela garantia da proteção social a quem dela precisar e pela promoção da cidadania, por meio da implementação do Sistema Único da Assistência Social -SUAS em Bom Jardim – MA.

Em 2017, nossa rede sócioassistencial registrou uma grande cobertura dos territórios atendidos pelos equipamentos de proteção Social Basica e Especial. Foram mais de 1.200 (mil e duzentos) atendimentos, inclusão de mais de 170 (cento e setenta) famílias acompanhadas pela equipe técnica (Assistentes Sociais, Psicólogos e Advogada) para orientações psicossociais e jurídicas, acompanhamento familiar considerando as potencialidades da família e do indivíduo, em articulação com os recursos do território. Além disso, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, que é um serviço realizado com grupos, organizado de modo a prevenir as situações de risco social, ampliar trocas culturais e de vivências. Obteve um relevante número de participantes, chegando a atingir um público de quase 400 (quatrocentas) pessoas, que formaram diversos grupos de crianças, adolescentes e idosos.

Os programas e benefícios federais, foram executados em nosso município com compromisso e competência. Em 2017, o setor responsável pelo CadÚnico registrou mais de 7 mil atendimentos, atualmente o município já possui mais de 5 mil beneficiários do Programa Bolsa Família. Vale ressaltar, que mais de 600 pessoas também são beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada – BPC, que beneficia com um salário mínimo pessoas idosas e pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade econômica.

Um grande avanço que marcou a gestão municipal de Assistência Social em nosso município em 2017, foi um aumento relevante de atendimentos realizados dentro do território rural, especificamente na região da Varig, uma região que historicamente vem sido pouco assistida pela política de Assistência Social. A equipe técnica e cadastradores do CadÚnico realizaram atendimentos, visitas domiciliares e encaminhamentos de áreas que nunca tinham sido acessadas antes. Foram  mais de 13 povoados assistidos, quase 200 famílias que estavam em situação de risco social passaram a ser acompanhadas, foram realizadas palestras e oficinas com uma grande participação dos moradores das comunidades.

 

O ano de 2017, foi marcado também pelas campanhas sociais de impacto nacional que foram executadas em nosso município, através de ações, como as Caminhadas e mais de 50 Palestras. Assim, foram desenvolvidas a Campanha de 18 de maio:  Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; a Campanha de 13 de Junho: Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil; Junho Violeta – Campanha de Combate à Violência Contra o Idoso; Setembro Amarelo: Mês De Prevenção Ao Suicídio; Campanha “Outubro Rosa” e “Novembro Azul” – Em Prevenção ao Câncer De Mama e de Próstata, intersetorializada com a Secretaria Municipal De Saúde.

 

O primeiro ano da Gestão “Trabalho e Paz”, através da SEMAS foi positivo também em relação a implementação de vários projetos:

PBF e CRAS: Um dia na Aldeia, Um projeto coom objetivo de atender as famílias indígenas dentro do seu território;

CRAS: Uma mão pronta para Orientar, como estratégia de divulgar os projetos e Serviços oferecidos pelo CRAS à comunidade;

Brincar e Estudar: Trabalho, Não!. Projeto que visa desconstruir a concepções equivocadas e a cultura do trabalho infantil, apresentando outras alternativas;

Reciclando, Brincando e Preservando, executado através de oficinas com os grupos de Criança do SCFV;

Boas Maneiras em todo os momentos, Também executado através de  grupos com crianças do SCFV;

Projeto Intensidade, projeto que atendeu aos grupos de Idosos com atividades Físicas e artísticas;

Oficina Lúdica, e outros.

 

E, além desses, os outros projetos com implementações planejadas para 2018, que são:

MamãeBebê, Projeto desenvolvido como estratégia para acompanhamento e orientação de gestantes e lactantes;

Mãe na Escola: Resgatando Sonhos, esse projeto vem como uma estratégia de orientar sobre a importância da reinserção de jovens mães ao ambiente escolar e em  formação profissional ;

Viver Bem na Melhor idade, projeto para atender os grupos de Idosos na zona rural com atividades físicas e culturais;

Cine Reflexão, promovendo debates com a Juventude;

Uma Nova Mulher : Resgate e Empoderamento, um projeto que visa auxiliar mulheres vítimas de violência.

– E, Cine CRAS, um projeto que surgiu com a perspectiva de proporcionar aos moradores das comunidades assistidas, desfrutar da sétima arte. Assistindo a filmes com indicação para a família, com uma linguagem leve e adequada para todas as idades.

Vale ressaltar,  o mais novo e importante avanço para o fortalecimento da Assistência Social, foi a adesão e implementação do Programa “Criança Feliz”, um programa federal criado para acompanhar o desenvolvimento integral a primeira infância. Nosso município, inicialmente, acompanhará 150 crianças, desde a gestação até aos 3 anos de idade com equipe técnica e visitadores sociais bem qualificados.

E, por fim, percebemos que 2017 foi um ano importante para o fortalecimento da política de Assistência Social em Bom Jardim-Ma, isso também foi graças ao importante evento que ocorreu em agosto do mesmo ano, a grande Conferencia Municipal de Assistência Social com o Tema “Garantia de Direitos no fortalecimento  do SUAS” que promoveu uma ampla participação do Poder público e Sociedade Civil nos debates para construção de importantes propostas a gestão municipal, estadual e federal.

Conferencia Municipal de Assistência Social discutiu com a população os rumos do SUAS, Grupo de Dança da Mangaba participou da conferencia.