Alinhamento de ações visam fortificar e aumentar o PNAE em Bom Jardim.

No povoado VARIG, Professores buscam alunos de casa em casa para combater a evasão escolar.
19 de fevereiro de 2019
Não financiamento do Carnaval vai possibilitar prefeitura a entregar vários investimentos em Bom Jardim
1 de março de 2019

O Secretario de Agricultura Elber Oliveira explicar procedimentos e normas a produtores de bolos de Bom Jardim

Cerca de cinco produtores de bolos e salgados participaram na manhã desta sexta-feira (22) de uma reunião com o secretário de Agricultura do município Elber Oliveira, o objetivo é traçar metas, e fortificar o movimento para a produção da merenda escolar pelo próprio município através dos produtores.

Segundo dados da secretaria de agricultura, houve uma aceitação muito boa do conselho da merenda e dos alunos sobre a aquisição de bolos para a merenda escolar no ano passado, data que pela primeira vez foi implantado o produto no município, dessa forma, o prefeito municipal Dr. Francisco Araújo teria solicitado o aumento da demanda, bem com maior capacitação dos produtores da merenda. “O que a gente quer é melhorar as condições de trabalho para melhorar ainda mais o trabalho do pessoal, agregando ainda mais valor ao produtor” Explicou o Secretário de Agricultura sobre o aumento da demanda para 2019.

Ainda segundo o secretário, o SEBRAE e Banco do Nordeste já demonstraram interesse de apoiar o fortalecimento das comunidades através de projetos como este “Foram firmadas parcerias com o banco do nordeste e SEBRAE com a ideia de se montar uma pequena agroindústria que cumpra todos os padrões da vigilância sanitária, que vai da uma visibilidade maior para a comercialização dos produtos, melhorando a situação econômica do povoado, gerando emprego e renda”. Concluiu o Secretario.

No ano passado, a prefeitura disponibilizou o teto de 300 mil reais para a produção da merenda escolar aos agricultores de Bom Jardim, cerca de 50 produtores se cadastraram, este ano, a prefeitura mais que dobrou, colocando um limite superior a 600 mil para atender os produtores locais.

Tais medidas beneficiaram pessoas como a Senhora Raimunda Batista que teve uma renda mensal superior a 3 salários mínimos no ano passado “A gente espera que este projeto melhore mais, que a gente continue faturando, hoje não busco emprego em prefeitura pois possuo minha própria renda, fazendo o que gosto” Comemorou a agricultora.

O cadastramento para projetos acontece até o dia 13 de março, e profissionais da Secretaria de Agricultura auxiliam os agricultores quanto a orientações, a Secretaria fica localizada ao lado do Hospital Municipal.