Prefeitura de Bom Jardim reafirma compromisso de fazer gestão justa e transparente.

NOTA – Sobre a compra do Pescado distribuído na Semana Santa.
25 de maio de 2017
Prefeitura de Bom Jardim fará Audiência para tratar sobre o cumprimento das metas fiscais nesta segunda-feira (29).
27 de maio de 2017
Exibir tudo

Em reunião com o Judiciário, Prefeito de Bom Jardim, Dr. Francisco Alves de Araujo assina termo para uma gestão mais justa e transparente.

O prefeito Dr. Francisco Araújo assinou nesta sexta-feira (26), o termo de adesão ao Plano Geral de Atuação, junto ao Ministério Público. O ato aconteceu na sede da Promotoria de Justiça de Bom Jardim e contou com a presença do promotor Fábio Santos de Oliveira e do juiz titular da Comarca de Bom Jardim Raphael Leite Guedes. O documento é um compromisso que a Prefeitura reforça em continuar realizando uma gestão transparente, cumprindo os preceitos constitucionais e os programas incentivados pelo Ministério Público.

Entre os compromissos firmados, está a cooperação da prefeitura em campanhas levantadas pelo Ministério Público nacionalmente junto aos municípios no combate a corrupção. A participação da prefeitura se dará adotando uma gestão transparente e auxiliando a Justiça na recuperação de dinheiro desviado em casos de corrupção. Outros compromissos se voltam a área da Educação. Entre eles, está o de subsidiar o Ministério Público com relatórios referentes a situação da Educação Infantil em Bom Jardim, para facilitar a atuação da justiça em seu papel fiscalizador. Além disso, a prefeitura se comprometeu com a aplicação correta dos recursos da Educação no município e com investimentos em transporte escolar para os estudantes do município.
Outro auxílio que a prefeitura está dando para o Ministério Público e que foi firmado agora formalmente com o termo de adesão é o apoio aos Conselhos, que atuam na defesa aos direitos das crianças, das mulheres, dos idosos e dos cidadãos em geral. O Plano Geral de Atuação é uma campanha nacional do Ministério Público para estreitar laços com o Poder Executivo nos municípios e tem validade de 2017 a 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − três =