Prefeitura de Bom Jardim avalia débito com a Cemar.

Com apoio da Prefeitura, Governo do Estado pretende tornar Bom Jardim pólo regional de produção.
20 de janeiro de 2017
Dívidas impedem Bom Jardim de celebrar novos convênios
23 de janeiro de 2017
Exibir tudo

O Prefeito de Bom Jardim, Dr. Francisco Alves de Araujo e o procurador Dr. Marcos Matos se reúnem com consultor regional da CEMAR para avaliar debito.

Um dos grandes débitos herdados pela nova gestão é com a Companhia Energética do Maranhão – CEMAR.  Para se ter uma real dimensão dos gastos com energia no município e negociar os débitos pendentes, o prefeito Francisco Araújo e o procurador do município Marcos Matos reuniram-se na última sexta-feira (20), em Santa Inês, com o consultor regional da Cemar , Joel Moreira.

A intenção da prefeitura, além de quitar os débitos deixados pelas administrações anteriores, é racionalizar os gastos com energia nos prédios públicos.  Segundo informações da Secretaria Municipal de Administração, os gastos mensais com energia nos prédios públicos giram em torno de R$80 mil mensais.

Outra preocupação da prefeitura são os indícios de fraudes encontrados. “Desconfiamos que prédios particulares estejam usando energia da Prefeitura, gerando despesa e onerando os cofres públicos”, afirmou o prefeito.

Dr Francisco informou na reunião que uma equipe da administração fará visitas nos contadores fornecidos CEMAR ao município. O objetivo destaca o prefeito, é revisar as medições e gerar economia para Bom Jardim.

Comunicação Social da Prefeitura de Bom Jardim – MA

Trabalho e Paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =